Deputado institui prêmio para destaques da construção Civil

O Prêmio João Louzada, criado para homenagear empresários, trabalhadores e autoridades que se destacaram no setor da construção civil, foi entregue nesta terça-feira. A cerimônia de premiação foi realizada na sede do Sintracon-SP (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil de São Paulo), no Centro, e contemplou 24 homenageados.

O prêmio João Louzada foi criado pelo deputado e presidente do Sintracon, Antônio de Sousa Ramalho, o Ramalho da Construção, para comemorar o Dia Estadual do Trabalhador da Construção Civil, celebrado em 25 de Outubro, por meio da lei 15.557, de autoria do deputado.

Durante a premiação, Ramalho da Construção destacou a participação do sindicato nas duras lutas dos operários, ao longo dos anos, pelos seus direitos. “Os trabalhadores da construção civil não tinham café da manhã, almoço, equipamentos de segurança, banheiro. O lugar para fazer as necessidades era um buraco”, lembrou.

No seu discurso, Ramalho destacou que a situação começou a mudar, a partir do momento que os trabalhadores se associaram ao sindicato para reivindicar melhores condições de trabalho. “Eu nunca fui contra os empresários. Têm pessoas que nasceram para empreender, outras para ser empregadas. É importante valorizar o empresário, porque é ele que cria os empregos”, disse.

Entre os homenageados, estavam o ex-ministro do Trabalho Walter Barelli, o ex-governador Alberto Goldman, o governador Geraldo Alckmin ( representado pelo secretário do Emprego e Relações do Trabalho, José Luiz Ribeiro), o senador José Aníbal, o deputado Paulinho da Força, (representado pelo sindicalista Arakem), o desembargador José Carlos Arouca, a professora Juliana Louzada, neta de João Louzada, a sindicalista Eunice Cabral, o vice-presidente do Sinduscon, Haruo Ishikawa, e os funcionários do Sintracon, Lourdes e Francisco Coelho.

Prêmio Louzada

O prêmio é uma peça em mármore, criada pelo artista Kerua, representando as seguintes ferramentas usadas pelos operários em obras: régua, martelo, ponteiro, compasso, nível, esquadro e prumo. Ele leva nome de João Louzada, em homenagem ao primeiro secretário do Sintracon, em 1957. Considerado um dos mais importantes sindicalistas brasileiros, Louzada foi vereador na Capital e responsável por grandes conquistas da categoria, como pagamento dos domingos e feriados, melhores condições de higiene e segurança nas obras, além da tomada de medidas legais para que as famílias de operários mortos em acidentes de trabalhos fossem indenizadas.

<